XV Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

MELANOMA MALIGNO METASTÁTICO PARA VESÍCULA BILIAR EM PACIENTE DE 27 ANOS: RELATO DE CASO

Apresentação do caso

Paciente masculino, 27 anos, procura atendimento por lesão melanocítica em região pré-auricular esquerda, com quatro anos de evolução. Realizada biópsia excisional. Anatomopatologia evidenciou tratar-se de um melanoma, Breslow 7,2 mm, nível IV de Clark, sem ulceração, infiltrado linfocitário tumoral presente, índice mitótico de 10 mitoses por campo de grande aumento, regressão e satelitose ausentes. Submetido à ampliação de margens (sem neoplasia residual) e ressecção de linfonodo sentinela cervical do nível II, o qual apresentava-se acometido. Realizado esvaziamento cervical radical modificado, com retirada de 27 linfonodos, sem comprometimento destes. Os exames de imagem do estadiamento inicial, bem como nos meses subsequentes não evidenciaram alterações. Dez meses após o esvaziamento cervical, e durante imunoterapia, tomografia de abdome de seguimento evidenciou uma lesão em vesícula biliar, sugestiva de implante metastático. Executada colecistectomia. Anatomopatológico e imuno-histoquímica da peça cirúrgica demonstraram tratar-se de metástase de melanoma, com 3 cm de diâmetro, margens cirúrgicas livres. Paciente apresenta quadro severo e persistente de conjuntivite associada à imunoterapia, a qual foi foi agravada por miosite periorbital. Tratamentos específicos e suspensão temporária da terapia adjuvante controlaram o processo e, após finalização do tratamento imunoterápico secundário (aproximadamente um ano após a colecistectomia), o paciente apresenta progressão de doença para múltiplos sítios, dentre eles: linfonodos generalizados, pulmões e ossos.

Discussão

A agressividade apresentada é compatível com a espessura de Breslow no momento do diagnóstico, bem como a idade precoce do paciente, o qual também é portador de rins policísticos. As metástases hematogênicas do melanoma costumam acometer principalmente pulmões, ossos e encéfalo; como exceção a vesícula biliar é sítio de implantação secundária.

Comentários Finais

Este caso demonstra como um apresentação metastática atípica do melanoma pode preceder a progressão da doença, mesmo tendo sido utilizado as ferramentas mais recentes de tratamento sistêmico.

Palavras-chave

Área

Oncologia Cutânea*

Autores

FERNANDO DE MARCO DOS SANTOS, RAFAEL FONTANA, GUILHERME FEDRIZZI, CATARINE MEDEIROS, CAROLINA MATTÉ DAGOSTINI, ALESSANDRA DAINARA WEBER