XV Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Metástase de condrossarcoma simulando tumor primário no estômago: Relato de caso

Apresentação do caso

Paciente do sexo feminino, 79 anos, previamente submetida à exérese de sarcoma em membro inferior esquerdo em 2003, e exérese de condrossarcoma moderadamente diferenciado dos arcos costais associada à lobectomia pulmonar esquerda em 2013. Em 2016, buscou atendimento por epigastralgia com 2 episódios de melena e perda ponderal não-intencional. Endoscopia revelou lesão úlcero-infiltrativa gástrica na pequena curvatura com 2 cm de diâmetro cujo histopatológico foi inconclusivo. Foi submetida a gastrectomia total com esofagojejunoanastomose em Y de Roux + linfadenectomia à D2 + esplenectomia. Biópsia da peça cirúrgica revelou neoplasia indiferenciada, sarcomatoide, com células gigantes tipo osteoclastos com infiltração angiolinfática peritumoral, margens cirúrgicas livres e metástase em 7 dos 19 linfonodos ressecados. Imuno-histoquímica compatível com implante metastático de condrossarcoma.
Durante seguimento em 2021 tomografia evidenciou massas pulmonares compatíveis com implantes secundários. Paciente aguarda parecer do serviço de cirurgia torácica.

Discussão

O condrossarcoma é o segundo tipo mais frequente de sarcoma ósseo, constituindo um grupo heterogêneo de tumores ósseos malignos primários. São localmente agressivos, apresentam crescimento lento e raramente metastatizam. Quando ocorrem metástases os órgãos mais acometidos são os pulmões e os ossos, disseminando-se principalmente por via hematogênica.
Nesse contexto, são quase inexistentes relatos sobre metástases de condrossarcoma no estômago. Foi encontrado apenas um relato do tipo nas bases de dados pesquisadas. Konishi et al. publicaram em 1994 aquela que pode ser a primeira e única documentação de um caso de metástase gástrica de condrossarcoma até o momento.
Os condrossarcomas geralmente possuem prognóstico favorável, mas o desenvolvimento de metástases é um fator sinistro, haja vista que são resistentes à radioterapia e quimioterapia, assim, a ressecção cirúrgica é a principal modalidade terapêutica. A presença de metástase reduz a sobrevida média estimada de 41 para 19 meses.

Comentários Finais

Condrossarcomas com acometimento sistêmico são um grande desafio na oncologia, pelo seu caráter indolente e por não responderem bem aos tratamentos por radiação ou quimioterapia. Mesmo sendo raras, as metástases desses tumores podem atingir sítios atípicos como o estômago. Desse modo, deve-se pensar nessa possibilidade em pacientes com história pregressa de condrossarcomas que cursam com novas neoplasias sob investigação.

Palavras-chave

Condrossarcoma; Metástase Neoplásica; Oncologia Cirúrgica

Área

Sarcomas / tumores ósseos*

Autores

PAULO HENRIQUE SILVA NUNES, ANA CAMILA XAVIER LOPES, KEVYN ALISSON NASCIMENTO GURGEL, GABRIEL GUEDES CARDOSO, LAIS DOS SANTOS, CLARICE SAMPAIO TORRES, DAVI TEIXEIRA MACEDO, VINICIUS QUINTANILHA GOMES DIAS, FELIPE DIAS GONÇALVES, MARCELO LEITE VIEIRA COSTA