XV Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ANGIOLEIOMIOMA DE OVÁRIO – RELATO DE CASO DE UMA PATOLOGIA RARA

Apresentação do caso

Paciente de 56 anos, hipertensa, menopausada aos 49 anos, G9P5A4 evoluia com prolapso genital há 2 anos e piora há 3 meses com inapetência, náuseas, perda de ponderal e aumento do volume abdominal. Após a avaliação ambulatorial foi levada à intervenção cirúrgica no dia 20/02/2021 sendo submetida a histerectomia com colpoperineoplastia. Ao término do procedimento, observou-se que havia uma incompatibilidade entre o volume do útero retirado, e o que era descrito nos exames radiológicos prévios. Procedeu-se com nova investigação complementar durante a mesma internação com tomografia de abdome total que mostrou persistência de massa pélvica no volume de 550cm³ em região anexial esquerda retrovesical. Assim sendo, no dia 02/03/2021 a paciente foi submetida a laparotomia exploradora com realização de salpingooforectomia bilateral. Em seguimento ambulatorial pós-operatório, o laudo histopatológico com imunohistoquímica comprovou tratar-se de um angioleiomioma de ovário esquerdo.

Discussão

O caso relatado descreve um angioleiomioma primário de ovário. O angioleiomioma representa aproximadamente 5% das tumorações benignas de tecido mole e de diagnostico complicado. O acometimento ovariano trata-se de um caso ainda mais raro havendo poucos relatos na literatura, normalmente atribuídos a miomas parasitas após histerectomia via laparoscópica com morcelamento dos miomas, o que em teoria levaria a um risco de implantação na superfície ovariana com posterior crescimento das lesões. Do ponto de vista epidemiológico, é mais prevalente em mulheres entre a terceira e quinta décadas de vida, sendo habitualmente hormônio-dependente. O quadro clínico frequentemente é caracterizado por menorragia, além de dor ou massa abdominal. O tratamento é realizado com intervenção cirúrgica com ressecção da lesão, havendo bom prognostico associado.

Comentários Finais

O angioleiomioma trata-se de uma histologia rara, especialmente acometendo o ovário. Essa tumoração tem a detecção pré-operatória muito dificultada em função da escassez de achados clínicos característicos e de imagem específicas, porém apresenta bom prognóstico sendo a cirurgia a melhor conduta. O diagnóstico definitivo normalmente é possível após estudo histopatológico combinado a imunohistoquímica.

Palavras-chave

Angioleiomioma. Ovário. Salpingooforectomia.

Área

Oncoginecologia*

Autores

RAIZA ALESSANDRA FONTOURA TORRES, HERBERT IVES BARRETTO ALMEIDA, NELSON JUNOT BORGES