XV Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ANÁLISE DO ÍNDICE DE MORTALIDADE DAS PRINCIPAIS NEOPLASIAS MALIGNAS NO BRASIL E SEUS RESPECTIVOS CENÁRIOS INTERNACIONAIS: UM ESTUDO COMPARATIVO

Introdução

Segundo o Ministério da Saúde brasileiro, o câncer já é um dos principais problemas de saúde pública mundial, sendo uma das quatro principais causas de morte prematura, caracterizada pela morte antes dos 70 anos, em todo o mundo. Entre os mais incidentes estão o câncer de pulmão, mama, cólon e reto e próstata. Alguns desses são amplamente divulgados por campanhas nacionais, logo são mais conhecidos pela população. Entretanto, neoplasias como a de cólon e reto, uma das mais incidentes, e como as de estômago e pele (não melanoma), que estão entre as mais incidentes em homens, não são amplamente divulgadas em comparação às citadas anteriormente.

Objetivo

O objetivo deste trabalho foi identificar as 10 neoplasias de maior taxa de mortalidade no Brasil em 2019, conforme registrado no Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) e, a partir desses dados, estabelecer uma comparação com dados a respeito da mortalidade pelas mesmas neoplasias em escala mundial.

Método

Trata-se de um estudo descritivo, de abordagem quantitativa, cuja fonte de dados é o Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), que disponibiliza informações que podem servir para subsidiar análises objetivas da situação sanitária, tomadas de decisão baseadas em evidências e elaboração de programas de ações de saúde para a obtenção de dados referentes ao Brasil, além das bases “Medline”, “Scielo”, e “Global Cancer Observatory”.

Resultados

No ano de 2019, foram registrados 235.301 casos referentes a neoplasias (C00 a D48, segundo o Código Internacional de Doenças). Dentre elas, as neoplasias malignas com maior número de óbitos foi, nos indivíduos do sexo masculino, a de Brônquios e Pulmões, com 16.661 mortes registradas de janeiro a dezembro de 2019, conforme o DATASUS. Já no sexo feminino, temos a neoplasia de Mama como principal em número de mortos, com 18068 casos registrados no mesmo período, segundo o DATASUS.

Conclusão

Segundo o Global Cancer Observatory (GLOBOCAN), foram registradas aproximadamente 9.489.900 (IC 95% = 9.280.600–9.703.900) mortes por câncer no mundo em 2018, ano em que foi realizada a última atualização dos dados. Quanto aos tipos de câncer com maior número de óbitos, o Brasil representa 1,4% das mortes por Neoplasia de Brônquios e Pulmões em homens, e 2,88% das mortes por neoplasia maligna de Mama em mulheres, comparados aos dados internacionais. Os dados também apontam para uma possível subnotificação nacional quanto ao número de mortos em algumas regiões.

Palavras-chave

Neoplasias, Sistemas de Informação em Saúde, Taxa de Mortalidade.

Área

Outros e Miscelânia*

Autores

PAULO MARQUES BERANGER, NATALIE KARAGUEUZIAN