XV Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

TUMOR DESMOIDE DE PAREDE ABDOMINAL: RELATO DE CASO

Apresentação do caso

Introdução: as fibromatoses correspondem à proliferação de tecido fibroso e sua variante agressiva, denominada tumor desmoide (TD), também conhecida por “fibromatose profunda”, é uma neoplasia rara originária do tecido conjuntivo com alta taxa de crescimento local e alto índice de recidiva, entretanto não possui comportamento maligno como a capacidade de originar metástases. Sua etiologia é desconhecida e observa-se discreto predomínio no sexo feminino, destacando a faixa etária entre os 25-40 anos de idade. A doença pode acometer várias regiões do corpo, sendo mais frequente na parede abdominal, e o comprometimento de órgãos e estruturas adjacentes se relaciona com a morbimortalidade. Objetivo: relatar um caso de tumor desmoide da parede abdominal em paciente de 44 anos, assim como a abordagem e seguimento.

Discussão

Descrição do caso: CVN, sexo feminino, 44 anos, comparece ao ambulatório de cirurgia geral queixando-se de massa abdominal há aproximadamente 18 meses e dor em fisgada de leve a moderada intensidade de caráter esporádico, sem irradiações. Relata colelitíase evidenciada pela ultrassonografia de abdome, nega outras comorbidades e medicamentos em uso. Refere filha em acompanhamento de tumor desmoide. Ao exame físico, apresentou volumosa massa de parede abdominal endurecida, móvel e indolor, sem sinais flogísticos. A ultrassonografia abdominal revelou litíase biliar e presença de grande massa de contornos irregulares ocupando o abdome superior e inferior do lado direito, sugestivo de nódulo miomatoso subseroso. Realizou tomografia computadorizada de abdome que evidenciou extensa massa heterogênea com áreas de degeneração cística/necrótica com realce por meio de contraste, de contorno irregular e definido medindo 20 cm X 14,8 cm X 14,5 cm no músculo reto abdominal direito. Foi realizada ressecção de extensa tumoração de parede abdominal com implante de tela de polipropileno e colágeno. Ao histopatológico apresentou fibromatose tipo desmoide.

Comentários Finais

Considerações finais: o TD é uma patologia rara de causa desconhecida que não apresenta potencial metastático, mas possui demasiada capacidade de crescimento local e alta taxa de recidiva. É mais frequente no sexo feminino durante a idade fértil, principalmente no decorrer ou após a gravidez. Possui um manejo complexo devido poucos casos consistentes na literatura, variando desde terapia medicamentosa a tratamentos cirúrgicos.

Palavras-chave

Fibromatose, parede abdominal, tumor desmoide.

Área

Outros e Miscelânia*

Autores

THIAGO GIURIATO, CARLOS ALEXANDRE MENEGHELLI, VALENTINA TELLES, VICTORIA CARRERA, MANOEL FELIPE ALMEIDA