XV Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A IMPORTÂNCIA DO USO DA TERAPIA POR PRESSÃO NEGATIVA EM PACIENTE COM DEISCÊNCIA DE FERIDA OPERATÓRIA: RELATO DE CASO

Apresentação do caso

Paciente M.A.C.S, 66 anos, portadora de neoplasia de sigmoide. Submetida a retossigmoidectomia com anastomose primária termino-terminal e linfadenectomia pélvica. Evoluiu com eventração sendo submetida a nova cirurgia de laparotomia exploradora e ressutura da parede abdominal com colocação de tela de polipropileno. Retornou ao pronto socorro sete dias após alta hospitalar com deiscência e necrose de ferida operatória, sendo necessário debridamento e aplicação de curativo por pressão negativa no local.

Discussão

O método cirúrgico constitui como uma das principais formas de tratamento do câncer colorretal, sendo a retossimoidectomia a cirurgia indicada para esses casos, o que acarreta a extensos pós-operatórios e feridas de grande porte. A deiscência da ferida operatória é uma das complicações cirúrgicas mais graves em cirurgias abdominais, o que corresponde a faixa de mortalidade de 10%.

Comentários Finais

Nesses casos surge a necessidade da aplicação do curativo por pressão negativa para auxiliar o processo de cicatrização e diminuir o tempo de internação hospitalar. No caso relatado o curativo por pressão negativa permitiu o fechamento definitivo da ferida no prazo de cinco meses.

Palavras-chave

Cirurgia colorretal; Tratamento de ferimentos por pressão negativa; Neoplasias Colorretais.

Área

Tumores coloretais e canal anal*

Autores

JOÃO FELIPE DA SILVA LOPES, TIAGO CYPRIANO DUTRA, MARIA JULIA MAZEGA PAGANI